“El agua y la tierra no se venden” – Comunidades da Costa de Oaxaca rejeitam a construção da represa Paso de la Reina


Por Daniel Arellano Chávez (Oaxaca) – Quarta, 16 de setembro de 2009

As comunidades e povos mixtecos, chatinos afrodescendentes e mestiços da Costa de Oaxaca têm empreendido, desde alguns anos,a luta pela defesa de seu território, pela defesa da terra e da água. O Governo quer construir uma represa que produza eletricidade para alimentar de energia elétrica outros projetos de destruição e exploração que tentam se impor ao longo do Estado, detendo as águas do Rio Verde e se apoderando delas para uso unicamente como um recurso de extração de mais ganâncias econômicas.

Sem consultas às comunidades que seriam afetadas, entrando nas mesmas para fazer estudos utilizando a mentira e o engano, a Comissão Federal de Eletricidade (CFE) avançou em diversos estudos necessários para a realização do megaprojeto. Mesmo sendo esta a principal instituição governamental impulsora do projeto, não é a única: além da CFE, existem outros interesses de empresas privadas nacionais e transnacionais, tais como Engenheiros Civis Associados (ICA), Cimentos do México (CEMEX), o Banco Mundial (BM) entre outros, que pretendem ser os beneficiados desse megaprojeto, o qual as comunidades em meados do ano 2006 só tiveram conhecimento por meio de uma solicitação de informação que fizeram ao governo. As autoridades contestaram com um ofício onde num pequeno parágrafo se mencionava a existência do projeto para a Costa que afetaria seis municípios, 20 comunidades, que teria um valor de 600 milhões de dólares, e que consistiria na construção de uma só Cortina de 195 metros de altura para a represa. Porém, esta foi uma mentira a mais, dado que o projeto na realidade pretende a construção de três cortinas.

As comunidades se organizam

Diante da imposição governamental, as comunidades têm se organizado, criando o Conselho dos Povos Unidos pela Defesa do Rio Verde (COPUDEVER – Costa Oaxaca). Ao longo desses anos se têm realizado vários fóruns para difundir a situação de ameaça em que se encontram os povos da região. Longe de serem intimidados, iniciaram ações contundentes para ampliar sua luta a outras comunidades.

O Projeto Hidráulico de Usos Múltiplos Paso de la Reina suporia a destruição de dezenas de comunidades e o deslocamento de milhares de pessoas diante da inundação de milhares de hectares, a destruiçãoda flora e da fauna, assim como a alteração total e irreversível do meio ambiente.

No mês de julho passado, a comunidade de Paso de la Reina instalou um plantão em uma das entradas da comunidade para impedir a passagem do pessoal da CFE encarregado de realizar o Projeto, um caminho de acesso obrigatório a uma costa do Rio Verde para iniciar a fase de construção do megaprojeto.A essas ações somam-se as reuniões e assembléiais que constantemente se realizam para manter informadas as pessoas das comunidades e tomar as decisões encaminhadas a deter o despojo que o governo pretende realizar.

Desta maneira, os povos da região da Costa de Oaxaca se alistam para defender o que é deles de fato e de direito, seu território, terra e água; decididos a resistir solicitam a solidariedade e o apoio ativo a sua luta, a qual convocam dizendo: “defendemos a vida, conservando a terra, o território e os recursos naturais”, “Não à represa do Paso de la Reina!”.

* Localização

Estado de Oaxaca (México): http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=Oaxaca+México&vps=3&jsv=176c&sll=19.359413,-99.187317&sspn=0.171673,0.220757&num=10&iwloc=A&iwstate1=saveplace

Rio Verde: http://www.travelpod.com/cache/city_maps/media-luna-nr-rio-verde-mexico.gif

*FONTE (em espanhol)> Periódico Diagonal Web: http://www.diagonalperiodico.net/El-agua-y-la-tierra-no-se-venden.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: